Rodada de negócios conecta cervejarias e compradores no Festival Brasileiro da Cerveja

21/02/2020
Ação é realizada pelo Sebrae/SC e tem mais de 30 marcas interessadas em expandir a venda dos seus produtos para todo o Brasil

Compartilhe este artigo:

Para o consumidor, o Festival Brasileiro da Cerveja é uma rota de descobertas de aromas e sabores que a bebida mais popular do país pode oferecer. Já para as cervejarias, o evento tem papeis ainda mais estratégicos: serve como vitrine para quem está vendendo, ainda oportuniza a ampliação do mercado. E este ano, pela primeira vez, além das visitas de compradores aos estandes, as marcas podem participar de uma rodada de negócios mediada pelo Sebrae/SC.

Mais de trinta cervejarias se inscreveram e terão espaço e horário exclusivo para apresentar os seus produtos para representantes, distribuidores, compradores de redes de varejo nacionais, empórios e lojas especializadas, bares, restaurantes e empresas de evento, com o intuito de ampliar suas vendas e rede de distribuição. Em breve as inscrições estarão abertas para compradores. Mais informações podem ser obtidas em rodadadenegocios@ablutec.com.br.

O Festival Brasileiro da Cerveja acontece de 11 a 14 de março em Blumenau (SC). A rodada de negócios será nos dias 12 e 13.

A consultora Bárbara Wagner explica que a ação vai aumentar as possibilidades de negócios para os expositores. “Nós promovemos um ambiente estratégico para troca de informações. Na prática, o contato com os compradores que, muitas vezes, é distante e formal, acaba sendo mais próximo e isso facilita o entendimento sobre os atributos do produto. Para os compradores, é a oportunidade de ampliar seu portfólio conhecendo novas marcas e negociando diretamente com as cervejarias”, comenta.

Develon da Rocha, presidente da Associação Blumenauense de Turismo, Eventos e Cultura (Ablutec), que é organizadora do Festival Brasileiro da Cerveja, diz que a ação do Sebrae/SC está alinhada com as oportunidades que a programação quer oferecer para os expositores. “Cada vez mais, temos um evento completo: atende o consumidor, desenvolve conhecimento técnico, incentiva a inovação e promove negócios”, aponta.

Programação
Em março, a Capital Brasileira da Cerveja, de fato, respira a bebida. De 7 a 10, 120 juízes de vários países, julgam mais de 3,2 mil amostras do Concurso Brasileiro de Cervejas. A análise não é aberta ao público.

Já de 11 a 14, o Festival Brasileiro da Cerveja recebe curiosos e apaixonados pelo universo da bebida com 100 expositores que levam seus lançamentos e rótulos que ainda não chegaram ao mercado para degustação. Bandas, gastronomia e agenda de palestras complementam a programação.

Ainda de 11 a 13 de março, acontece a Feira Brasileira da Cerveja, que aproxima empresas fornecedoras de soluções técnicas, tecnológicas e de produção de cerveja dos cervejeiros. A programação é aberta ao público.

Compartilhe: