Notice: getimagesize(): Read error! in /var/www/html/public_site/2906/controllers/ctrl_news.class.php on line 87
Atriz Claudia Mauro contará experiência familiar no Fórum do AVC em Joinville

Atriz Claudia Mauro contará experiência familiar no Fórum do AVC em Joinville

23/10/2019
Evento ocorrerá no dia 25 de outubro, das 9h às 17h, no auditório da Unisociesc

Compartilhe este artigo:

A atriz Claudia Mauro é presença confirmada no 3° Fórum do AVC. O evento integra a programação da Campanha de Combate ao AVC 2019, promovida pela Associação Brasil AVC (ABAVC) com o intuito de chamar a atenção para os cuidados, risco e prevenção da doença que é a segunda causa de óbitos no Brasil e a principal causa de incapacidade no mundo. O evento ocorrerá no dia 25 de outubro, das 9h às 17h, no auditório da Unisociesc, em Joinville.

Durante o Fórum, a atriz dará um depoimento sobre como foi enfrentar o AVC sofrido pela mãe em 2014. A história de Claudia Mauro e da família também é retratada na peça de autoria da atriz, “A Vida Passou Por Aqui”, texto que recebeu três grandes prêmios e já está na décima terceira temporada.

O evento é direcionado a gestores e profissionais da saúde. “Ao promover o Fórum pelo terceiro ano consecutivo chamamos a atenção para a importância da urgência do atendimento em caso de suspeita de AVC”, destaca a médica neurologista Carla Moro, coordenadora da Unidade de AVC do Hospital Municipal São José de Joinville e presidente do Conselho Curador e Fiscal da ABAVC.

Carla Moro explica que os sintomas do AVC são comuns como a assimetria da face ao sorrir, dificuldade na fala ou no entendimento do que é dito, e fraqueza em um dos braços. “Ao identificar qualquer um desses sinais é fundamental que o SAMU seja acionado pelo 192. Ele fará o encaminhamento para o centro de referência em AVC da cidade ou região”, detalha a médica. “O atendimento em caráter emergencial é fundamental para evitar ou minimizar as sequelas e a incapacidade do paciente”, complementa.

Confira a programação

09h - Welcome Coffee

09h30 - Abertura

Palestras

09h40 - Linha do Cuidado ao AVC no Município de Joinville - Nutricionista Janine Guimarães;

10h20 - Projeto Indicadores Assistenciais - Enfermeira: Vivian Nagel;

11h - Custo do AVC em Joinville – Enfermeira Juliana Safanelli;

11h40 - Planejamento estratégico para reduzir o impacto do AVC na sociedade – Médico neurologista, Henrique Diegoli;

12h20 - Tratamento do AVC – Custo ou Valor? – Médico neurologista e neurorradiologista, Pedro Magalhães;

13h – Intervalo;

13h20 - Projeto Escolas Estaduais – Médica neurologista e presidente do Conselho Fiscal e Curador da ABAVC, Carla Heloisa Cabral Moro;

13h40 - Projeto Escolas Estaduais – experiência – Diretora da Escola Deputado Nagib Zattar, Rute Ribeiro Hoepfner;

14h20 - Projeto Escolas Estaduais - resultados - Acadêmica de Medicina, Isabela Gasparino Boehm;

14h40 - Projeto FA SUS - Racional - Médico hematologista, Marcelo Lacerda;

15h20 - Projeto FA SUS – Estruturação - Enfermeira Juliana Safanelli;

16h - Depoimento – Atriz Claudia Mauro: AVC na minha família;

17h - Debate com o público - Médico neurologista, Alexandre Longo;

17h30 – Encerramento.

Sobre o AVC

O Acidente Vascular Cerebral é consequência de um entupimento ou rompimento de vasos que levam sangue ao cérebro, e pode causar a morte ou, na maioria dos casos, algum tipo de sequela, como alterações motoras, visuais, linguagem, cognitivas, entre outras. O indivíduo acometido pode desenvolver o comprometimento da mobilidade, inclusive para e atividades simples do dia a dia, como vestir-se e fazer a higiene pessoal. Aproximadamente metade dos acometidos terá depressão e podem apresentar déficit de memória. A incapacidade poderá levar a aposentadoria precoce, necessidade de cuidadores e perda a independência.

Sobre a Associação

A Associação Brasil AVC (ABAVC) é uma instituição civil, sem fins lucrativos, fundada em 14 de fevereiro de 2005, em Joinville, SC. O principal objetivo é levar à comunidade informações sobre o Acidente Vascular Cerebral (AVC), orientando sobre os sinais e sintomas, conduta diante de uma ocorrência e alerta sobre os fatores de risco para a prevenção primária da doença, evitando que acometa novos indivíduos. Assim como atuar nas políticas públicas e linha do cuidado do AVC, para garantir acesso à prevenção, tratamento e reabilitação.

Jornalista: Liana Trevisan

Compartilhe: