Amur Capital e Mirae Asset inauguram unidade em Itajai

26/08/2020

Compartilhe este artigo:

Investir no mercado financeiro é uma excelente maneira de aumentar o patrimônio pessoal, mas depende de análises e decisões estratégicas. O mercado de investimentos está repleto de abordagens complexas, mas alguns dos investidores mais bem-sucedidos fizeram pouco mais do que seguir o básico. Todo o processo pode ser feito de forma rápida e segura, principalmente se o investidor contar com a ajuda de consultores experientes.

Uma nova forma de analisar e aplicar com segurança no mercado financeiro promete movimentar o setor de investimentos no Sul do Brasil. O assessor de investimentos Leandro Marchioretto, sócio-fundador da Amur Capital, representante da corretora independente Mirae Asset, explica que a empresa chega ao mercado com o objetivo de apresentar uma forma simples e inteligente de investir. O escritório tem matriz localizada em Itajaí (SC), mas atuação nos três estados do Sul. “É fundamental escolher investimentos coerentes com perfil do investidor, alinhados aos objetivos de longo prazo e forte ênfase na gestão financeira familiar e os riscos envolvidos”, explica Marchioretto.

“Para nós da Mirae Asset, é uma grande oportunidade e ficamos muito felizes em encontrar parceiros comprometidos como a Amur Capital. Enxergamos que o mercado financeiro tem muito a crescer no Brasil, caminhando lado a lado com a educação financeira”, pontua o CEO da Mirae Asset, Jisang Yoo. “Confiamos no projeto da Amur Capital e sabemos que será um parceiro sólido, atingindo primeiramente na região Sul do Brasil e futuramente o Brasil como um todo”, acrescenta.

Jisang Yoo explica que o assessor de investimentos é uma função bastante recente no Brasil, mas que a valorização deste profissional ainda trará mudanças significativas no mercado. Para o CEO, a estratégia da Amur Capital de valorizar esse profissional com mentoria, apoio educacional para o crescimento pessoal e profissional é fundamental para a qualidade dos serviços. “Os investidores brasileiros precisam de informações assertivas e transparentes. O escritório pode contar com a nossa parceria para os projetos educacionais financeiros e de crescimento profissional”, completa.

Leandro Marchioretto, sócio-fundador da Amur Capital

Crescimento do mercado

Em julho, o total de pessoas físicas com recursos em produtos de renda variável da B3 (responsável pela bolsa de valores no Brasil) chegou a 2,7 milhões. O número mais do que dobrou em apenas um ano. Esse crescimento representa uma mudança estrutural no mercado de capitais brasileiro. De acordo com um estudo de perfil da pessoa física que está na bolsa divulgado pela B3, o novo investidor é mais jovem, se preocupa em diversificar as aplicações e começa a montar sua carteira com valores baixos. Além disso, tem demonstrado uma visão de longo prazo ao manter suas posições mesmo no auge da volatilidade dos mercados.

Além disso, o estudo mostra a predominância das regiões Sudeste, Sul e Distrito Federal com o maior número de investidores pessoas físicas no país. Com uma estimativa de atingir a marca de R$ 300 milhões sob custódia até 2021, a Amur quer incentivar pessoas a desenvolverem um planejamento integrado. “Nosso propósito é desmistificar o mercado financeiro e mostrar o quanto ter uma assessoria profissional pode trazer ótimos resultados”, destaca.

Embora a cultura de investimentos em renda variável tenha começado a ganhar fôlego há pouco mais de dois anos no Brasil, Leandro Marchioretto explica que o mercado de investimentos está mais acessível. “Ainda temos poucos investidores entre a população economicamente ativa se comparado com países desenvolvidos, mas esta tendência está mudando com a disseminação do conhecimento e com assessorias capacitadas”, diz.

Educação financeira

Muito da falta de organização financeira do brasileiro, segundo ele, se deve à ausência de educação financeira básica no Brasil e a visão imediatista de consumo dos brasileiros. “Isso compromete a capacidade de planejamento futuro. Por outro lado, alguns acontecimentos recentes, entre os quais, a redução da taxa básica de juros (Selic) a patamares muito baixos, tem estimulado os brasileiros a buscarem alternativas de investimentos que vão além dos produtos oferecidos pela rede bancária”, acrescenta.

Para Leandro, uma das formas de mudar esse quadro é investir em educação financeira nas escolas e na apresentação de conteúdos sobre o tema de uma maneira mais atraente aos adultos. Como a forte transformação pela qual o mundo vive com pandemia, a necessidade de melhor organizar as finanças fará com que a população busque mais conhecimento sobre finanças pessoais e sobre como fazer o dinheiro render mais. “Qualquer pessoa física ou jurídica pode investir no mercado financeiro a partir de valores mínimos, como R$ 100. Existem produtos para diferentes perfis de investidores, como renda fixa, renda variável, produtos estruturados, entre outros”, cita.

Sobre a Amur e Mirae Asset

Com a proposta de simplificar o acesso ao mercado financeiro, a Amur está trazendo para o mercado financeiro de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul a valorização do assessor de investimentos, que terá todo suporte, mentorias e treinamentos, além de uma remuneração relativamente maior que a média praticada no mercado. Já o investidor terá assessoria financeira direcionada, através de planejamento financeiro integrado, que respeitará o perfil e objetivos a médio e longo prazo.

Entre os players atuantes no Brasil, a Mirae Asset é a empresa que tem o maior valor global sob custódia, somando suas operações mundo afora. Além de se tratar de uma empresa de grande porte e com uma longa história, a Mirae preserva princípios éticos de negócios que estão 100% alinhados com os princípios da Amur Capital. Tais fatores foram decisivos na união entre as duas empresas. A Mirae Asset é uma empresa global. Tem sede em 15 países e clientes em 36 países. Atualmente a Mirae possui mais de 2 trilhões de reais em custódia e mais de 15 milhões de clientes no mundo.

No Brasil, a Mirae está há 10 anos com foco no investidor estrangeiro e clientes institucionais. A Amur nasceu justamente para ser o principal braço comercial da Mirae no Brasil, começando pelo Sul do Brasil até atingir outras regiões.

Compartilhe: