Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta é reaberto á visitação

28/07/2017

Compartilhe este artigo:

Os moradores de Balneário Camboriú terão novamente um espaço para ter contato com a natureza, com trilhas ecológicas, horto, viveiros e jardim. Será reaberto neste ábado (29) o Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta, que recebeu reforma na sua infraestrutura e terá uma novidade: 22 esculturas em mármore do Instituto Jorge Schröder foram colocadas na área central do parque. A reabertura será às 10h e faz parte da programação do aniversário da cidade. Durante o evento também será assinada a contratação do Plano de Manejo do parque.

Dentre as melhorias feitas no local estão a construção da Estação de Tratamento de Efluentes compacta, reforma dos sanitários, revitalização das trilhas e plantio de árvores. As 22 esculturas serão o novo atrativo do parque. As obras, que pertencem ao Instituto Jorge Schröder, foram esculpidas em mármore Corteccia e pelas mãos de autores das mais diversas nacionalidades. O mármore, utilizado em todas as obras, tem qualidade semelhante ao do tipo Carrara e é proveniente do município de Camboriú.

Jorge Schröder é escultor de várias obras construtivistas em bronze, madeira, alumínio, cobre e resinas acrílicas expostas em Balneário Camboriú, como a Cascata das Sereias, Pescadores na Praia de Laranjeiras, Jango na Avenida Atlântica, Busto do Vereador Santa na entrada do CEM Vereador Santa e responsável pelo Instituto Schröder. O mais recente projeto do escultor em parceria com o município é o “Parque com Arte” que resultou na instalação das 22 esculturas do Instituto Jorge Schröder, na área central do Parque Raimundo Malta.

A elaboração do Plano de Manejo também será uma conquista para o local. “O Parque Natural Municipal é uma das categorias regidas pelo Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC). Ele exige que todos os parques tenham um plano de manejo e a grande conquista do governo do prefeito Fabrício Oliveira foi a autorização da elaboração desse plano, que há 20 anos já deveria ter sido elaborado. Agora, ele será feito pela Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)”, explicou o secretário do Meio Ambiente, Luiz Henrique Gevaerd.

O parque está localizado no final da Rua Angelina, no Bairro dos Municípios e ficará aberto todos os dias, exceto às segundas-feiras quando o local fecha para manutenção. O horário de funcionamento no inverno será das 13h às 17h e na primavera e verão das 10h às 17h. No sábado, as estruturas que serão abertas ao público serão as trilhas, gramado central, departamento de fitoterapia, parque de esculturas e o viveiro de plantas.

Histórico do Parque

Através do Decreto Municipal 2.351 de 1993, o Parque Ecológico Rio Camboriú foi criado com o objetivo de disponibilizar um espaço apropriado para o contato da população com a natureza, para a educação ambiental, pesquisa de fauna e flora e viabilizar a preservação de espécies animais e vegetais da Mata Atlântica. Em 2006, pela Lei 2.611/03/07/2006, o espaço recebeu o nome de Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta, em homenagem a um dos seus fundadores.

Com 172.625 m², o espaço possui seis trilhas ecológicas, abriga os setores administrativos e técnico da Secretaria do Meio Ambiente, um horto de plantas medicinais, viveiro de produção de mudas de árvores nativas para recuperação de áreas degradadas na Bacia Hidrográfica do Rio Camboriú, além da realização de atividades voltadas a preservação do meio ambiente.

Compartilhe: