Prefeitura de Camboriú mostra curva de crescimento da Covid-19

20/06/2020

Compartilhe este artigo:

A Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, divulga o gráfico com a curva de crescimento da Covid-19 em Camboriú. Dia 19 de março de 2020, a cidade registrou o primeiro caso confirmado da doença, nesta sexta-feira, dia 19, três meses depois, são registrados 300 casos. A curva mostra um crescimento exponencial a partir do dia 21 de maio até a data de hoje.

O gráfico mostra que a evolução dos casos no período de quarentena, quando a maioria das atividades estava paralisada, foi menor. De 19 de março a 19 de abril a alteração não foi muito expressiva, passando de uma para 59 pessoas confirmadas com Covid-19. Porém, nos últimos dois meses houve um aumento de 400% no número de casos.

O prefeito e médico, Elcio Rogério Kuhnen, já alertava, em março, que o pico da doença seria final de maio. A secretária de Saúde, Elisama de Freitas, reforça isso. “Tivemos um aumento nesses últimos dias que já era previsto pelo prefeito e pelos sanitaristas do país. O aumento dos casos positivos também ocorreu por que um número maior de testes foram realizados. Além disso, as pessoas voltaram às atividades cotidianas, estão saindo mais nas ruas e muitos não têm respeitado o isolamento e as medidas de precaução como o uso de máscaras”, pondera.

O número de recuperados também seguiu a curva de crescimento. No dia 8 de abril foram notificados os quatro primeiros pacientes recuperados na cidade. Eles foram acompanhados pelas equipes da Vigilância Epidemiológica, ficaram em isolamento, passaram por consulta com o médico infectologista e receberam alta. Até essa sexta-feira, foram 191 recuperados.

A secretaria de Saúde está fazendo a parte dela. Desde o dia 23 de março a Secretaria de Saúde de Camboriú já realizou mais de 1.800 atendimentos no Centro de Triagem e Coleta do Covid-19, que é uma estrutura montada exclusivamente para atender pacientes com sintomas do vírus. Neste mesmo período o município já realizou mais de 900, testes por soawb e testes rápidos, sendo que desses quase 700 pacientes apresentaram resultados negativo ao vírus. “Cada um deve fazer sua parte e redobrar os cuidados para que medidas mais rigorosas não sejam adotadas de novo”, orienta o prefeito.

Compartilhe: