Ricardo Oribka, da Transpotech, foi o ganhador do 2º Troféu Empreendedor Willy Sievert

27/05/2019

Compartilhe este artigo:

O grande homem de negócios, Willy Sievert, nascido em 1903 e que, com 30 anos, comprou a loja “Arthur F. Hoeschl” e transformou na Casa Willy Sievert, uma das mais conhecidas da região, por oferecer uma imensa variedade de produtos, continua servindo de exemplo para outros empreendedores da região. Na noite da última quarta-feira, dia 22, o jovem empreendedor, proprietário da Transpotech e idealizador do Rally da Inclusão, Ricardo Cristiano Oribka, 36 anos, foi homenageado com o 2º Troféu Empreendedor Willy Sievert, do Rotary Club Blumenau. Durante a solenidade, o presidente do Rotary, Pedro Luiz Fantinato, enfatizou a importância do empresáriio Willy Sievert, que inicialmente era balconista e depois se tornou proprietário da empresa, muito semelhante com a história do homenageado, que também começou como funcionário, ainda adolescente, e hoje é o único dono da potência Transpotech.

De acordo com Fantinato, não poderia haver nome melhor para o troféu, do que Willy Sievert, que é sinônimo de empreendedorismo. “Está é a segunda edição e sempre procuramos homenagear alguém que esteja fazendo a diferença. No ano passado, nossa escolha foi pelo Luciano Hang, proprietário da Havan e que é um exemplo para todo o Brasil. O Ricardo segue a mesma linha e por isso foi merecida a escolha”, declarou.

Muito emocionado, Oribka disse ao público que ele é apenas parte de uma equipe de sucesso. “Com certeza, esse prêmio é a coroação do trabalho bem feito por toda a equipe Transpotech. Esse prêmio é nosso e não apenas meu”, disse.

O empresário fazer parte de uma nova safra de empreendedores ousados e que não acreditam em limites. Tanto é que revolucionou a Transpotech depois que se tornou proprietário. Quando ele começou a trabalhar, em 2001, a empresa contava com apenas dois mecânicos e R$ 20 mil de faturamento. Hoje, tem mais de 250 colaboradores, fatura milhões e possui mais de mil empilhadeiras locadas, além de mais de 120 carros próprios para atender os clientes. Dos cerca de 250 colaboradores, 150 são técnicos. No ano passado, foram feitos investimentos na ordem de R$ 15 milhões em equipamentos. “Temos que estar sempre a frente para atender nossos clientes com maestria”, avisa.

Responsabilidade Social

Oribka também é responsável por diversos projetos sociais. Um deles, e que já demonstrou ser um sucesso e entrou para o calendário da Prefeitura de Blumenau, é o Rally da Inclusão, que terá sua terceira edição esse ano. Mais de 100 jipeiros participam, de forma voluntária, dessa ação, levando portadores de necessidades especiais para essa aventura chamada Rally. Todos os participantes recebem troféus e material de apoio para a diversão. “Em Curitiba já existe uma iniciativa semelhante e quis trazer para a nossa região. É muito emocionante ver o olhar de satisfação dessas pessoas ao serem as estrelas de um evento”, explica. Para tornar esse sonho realidade, ele trabalha junto com o Jeep Clube de Blumenau e a Associação do Paradesporto de Blumenau.

Compartilhe: