Bailarina de Balneário Camboriú está na Espanha para se aperfeiçoar em flamenco

09/01/2019

Compartilhe este artigo:

A bailarina Michele Chaves começou na segunda-feira (7) a especialização em flamenco na Escola Amor de Díos (Centro de Danças Espanholas e Sistema Flamenco), em Madrid, na Espanha.

A artista, moradora de Balneário Camboriú, foi contemplada com recursos da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) para aperfeiçoar seus conhecimentos sobre as origens e técnicas do flamenco. Ela está tendo aula com os bailarinos Belém Fernandez e Alfonso Losa. “É uma experiência maravilhosa porque são bailarinos reconhecidos mundialmente e bem respeitados. É uma oportunidade única que eu estou vivendo, estou muito feliz. As aulas vão me acrescentar muito como profissional e como pessoa”, diz Michele.

Quando voltar ao Brasil, em fevereiro de 2019, Michele vai oferecer cursos, palestras e mostras de dança gratuitas ao público de Balneário Camboriú. Com introdução ao flamenco, os cursos vão durar duas semanas, de 4 a 15 de fevereiro, e são direcionados a mulheres e homens iniciantes na prática do flamenco. A idade mínima para participar é de 15 anos. Ao todo, serão disponibilizadas 10 vagas. Os cursos serão ministrados no Espaço Soleares (Centro de Dança, Vivência e Pesquisa), localizado na rua Síria, nº 544, entre Avenida Martin Luther e a Avenida Palestina, no bairro das Nações. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail flamencomadrid2019@gmail.com.

Além dos cursos, a bailarina promoverá, em 15 de fevereiro, às 20h, uma roda de conversa sobre o projeto Flamenco em Madrid. No encontro, aberto ao público, no Teatro Municipal Bruno Nitz, ela falará sobre a parte burocrática, a execução de ações do projeto e as vivências adquiridas no exterior. Em 16 de fevereiro, as ações de contrapartida do projeto terminam com uma mostra de dança flamenca na Praça da Cultura, a partir das 19h. A mostra apresentará um pouco da arte do flamenco e ainda contará com a participação especial da bailarina flamenca internacional Yara Castro.

Michele dedica-se a arte flamenca desde os sete anos de idade. Já estudou com a argentina Hebe Solis, em Passo de Los Libres (Argentina), durante dez anos e começou a dar aulas de dança aos 18. É formada em História e acadêmica de Licenciatura em Dança pela FURB, de Blumenau. Michele já participou de diversos festivais de dança no país e no exterior, além de estudar com grandes nomes da dança. Atualmente, mantém o Espaço Soleares (Centro de Dança, Vivência e Pesquisa), em Balneário Camboriú, ministrando aulas de flamenco para diferentes faixas etárias.

Compartilhe: