Seguro auto: o que fazer após uma colisão

12/03/2019

Compartilhe este artigo:

Santa Catarina é um dos destinos mais procurados durante o verão. Um estudo de 2018 da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e da FGV (Fundação Getúlio Vargas) apontou que o estado recebeu cerca de 2,5 milhões de turistas durante a temporada. E como muitos dos visitantes chegam ao local pelas rodovias brasileiras, todo cuidado é necessário em casos de acidentes de carro.

Normalmente, no momento do incidente, até mesmo as pessoas que contam com o seguro de carro não sabem como devem agir e a quem recorrer. Para esclarecer eventuais dúvidas, o gerente da sucursal da Porto Seguro de Santa Catarina, Marcos Kafer, traz o passo a passo do que deve ser feito.

1 – Tente conduzir o seu carro para o acostamento

Em casos de acidentes leves, sem vítimas, tente, se possível, conduzir seu automóvel para um lugar mais seguro da via, de preferência o acostamento. “Muitas vezes, o segurado acredita que só será ressarcido se ele acionar a seguradora no local exato do acidente. O que não é verdade. Portanto, preserve a vida de todos os envolvidos e leve o carro para um local mais tranquilo”, explica Marcos Kafer. Caso não seja possível retirar o veículo da via, saia do veículo e sinalize o acidente com o triângulo a 30 metros da traseira do veículo.

2 – Acione o Samu, Polícia e Seguradora/Corretor

Em casos de acidente com vítimas ou transtornos com terceiros, é importante que o Samu seja o primeiro acionado e a polícia para conduzir a situação. Após isso, o cliente deve acionar o guincho. Os segurados do Porto Seguro Auto podem fazer isso por meio do aplicativo App Porto Seguro Auto, site (https://www.portoseguro.com.br/sinistros/veiculos) ou telefone (0800 727 0800), para descrever como foi o acidente. Ou mesmo, contar com o suporte do seu Corretor, que poderá ajudá-lo com a intermediação com a seguradora.


3 – Guincho

A seguradora encaminhará o guincho que está mais próximo ao local do acidente, para prestar todo o suporte ao segurado, tirará as fotos para registrar o ocorrido e encaminhar o veículo para a vistoria e análise do sinistro. É importante ressaltar que não pode haver nenhuma alteração aos danos causados.

Compartilhe: