Escultor Luiz Dias mostra seu talento em obras de arte

19/03/2020

Compartilhe este artigo:

Sempre que podemos falar de um artista, nos reportamos a ele, como um cidadão do mundo, mesmo porque, a arte tem um caráter de universilidade. Hoje nosso entrevistado é o artista Luiz Dias, da vizinha cidade de Pomerode, que atua com esculturas de cenários para eventos, empresas e escolas carnavalescas.

Luiz lembra que sua primeira lembrança artística, vêm das salas de aula, quando ficava sempre desenhando sentado no canto da parede. “Sem entender o que era arte, algo que talvez eu ainda tente”. Quando já adulto, iniciou um curso de desenho publicitário que não trouxe grandes resultados. Conversando aqui e ali, mostrando trabalhos, Luiz acabou participando, como desenhista ilustrador, do escritório de criação do carnavalesco Joãozinho Trinta (in memorian), no Rio de Janeiro.

Sua experiência com o carnaval começou como pintor de arte no barracão da GRES Viradouro, campeã do carnaval deste ano, local onde conheceu o chefe da equipe de escultura do GRES Império Serrano. “Este foi meu início nas esculturas. A princípio apenas para desenhos, mas com a correria em virtude da proximidade do carnaval e muitas pendências, surgiu o pedido para mexer nas esculturas. Acertando uma peça e errando duas, fui caminhando.” Lembra o artista.

No ano seguinte, recebeu o convite para trabalhar na GRES Rocinha, sendo esta, a sua primeira experiência como chefe de equipe. Luiz ressalta que na época, trabalhou somente ele e um ajudante. Depois do serviço entregue com algum sucesso, surgiram duas novas propostas. “Aceitei o desafio e trabalhei simultaneamente no CRES Porto da Pedra e GRES Mangueira, onde dividi minha rotina em turnos. Começava o dia em uma escola e terminava em outra “, lembra.

Seguindo seu trabalho na produção do carnaval carioca, o escultor trabalhou no GRES Unidos da Tijuca durante 4 anos seguidos, sendo que em seu último ano de trabalho, a escola foi campeã. “Fui então convidado para fazer o carnaval de Loures, Portugal nos anos de 2010 e 2011”.

Em seu retorno ao Rio de Janeiro, Luiz trabalhou no GRES São Clemente, Vila Isabel e Imperatriz Leopoldinense. Teve a oportunidade de também trabalhar em Porto Alegre com a GRES Bambas da Orgia e GRES Imperadores, ressaltando que em ambas que atuei, no mesmo ano, tivemos a felicidade de ser campeão com a Imperadores. “Passei também pelo carnaval de São Paulo, com o GRES Águia de Ouro, Unidos do Peruche e Colorado do Brás.”

Além de trabalhos carnavalescos, Luiz Dias também participou com trabalhos em outros eventos, como a festa de São João, de Campina Grande, na Paraíba, Festa da Uva, em Caxias do Sul, Cenário de Páscoa e Natal, no Shopping Center do Rio de Janeiro.

Hoje, o escultor vive na cidade de Pomerode/SC, onde desenvolve trabalhos de esculturas e cenografia para diferentes formatos de festas e eventos. Seus trabalhos são, na maioria confeccionado em isopor.

Para contratação dos trabalhos do Luiz Dias, segue o contato (47) 99166-0168

Seguem alguns dos trabalhos já confeccionados por Luiz Dias.

Compartilhe: