Projeto Crescer e Acolher leva capacitação para mulheres com histórico de violência doméstica em Blumenau

26/08/2021
Iniciativa é uma parceria dos Institutos Crescer e Bia Wachholz. Participantes terão aulas sobre produtos gastronômicos para que possam conquistar autonomia financeira e empreender

Compartilhe este artigo:

fotos: Ruth Rodrigues

Um novo e importante passo na vida de mulheres com histórico de violência doméstica de Blumenau (SC) começa esta semana. Na quinta-feira (29), começam as atividades do projeto Crescer e Acolher, que levará conhecimento sobre produtos gastronômicos e gestão para que elas conquistem autonomia financeira. O programa é uma parceria entre os Institutos Crescer e Bia Wachholz.

Nesta primeira etapa, nove mulheres serão impactadas pela ação. Elas receberão aulas online com chefs sobre diversas produções gastronômicas, terão informações sobre finanças, marketing e vendas. Além disso, contarão com a mentoria da chef Lidiane Barbosa. A duração do programa é de cerca de dois anos e o intuito das entidades realizadoras é que as alunas conquistem independência financeira.

Presidente do Instituto Crescer, Lidiane diz que o projeto Crescer e Acolher é um movimento que já traz frutos, antes mesmo do início efetivo das aulas. “O processo de trazer essas mulheres para perto, pensar com afeto em todas as etapas para que elas possam, de fato, ter uma vida melhor, foi muito interessante. Agora queremos que elas sintam toda a energia e o carinho que dedicamos a esse momento”, comenta.

O Crescer e Acolher é uma realização do Instituto Crescer, com o apoio do Instituto Bia Wachholz. O patrocínio é da AMCom, Rede Top e Viacredi. Os professores são chefs, nutricionistas e profissionais de outras áreas, coordenados por Lidiane. Mais informações sobre o programa estão em www.instagram.com/crescereacolher.

Instituto Crescer

O Instituto Crescer é uma organização sem fins lucrativos que atua com voluntários e profissionais para transformação de realidades através da gastronomia. Fundado em 2017 pela chef Lidiane Barbosa, a entidade conquistou em 2020 os prêmios de Melhor Instituição de Voluntariado da Região Sul, pelo Governo Federal, e Melhor Projeto para Crianças da região Sul pela plataforma Transforma Brasil. Desde 2019 participa do projeto Ambev VOA, que selecionou ONGs brasileiras para capacitação.

O Crescer e Semear é o projeto que deu origem ao Instituto Crescer. Por meio dele, desde 2018, cerca de 15 mil crianças são impactadas. Isso acontece através de uma capacitação contínua com as cozinheiras da alimentação escolar, que passam por aulas com chefs reconhecidos nacionalmente e também com atividades com os alunos e suas famílias.

Mais informações estão no site www.projetocresceresemear.com.br.

Instituto Bia Wachholz

Criado depois do feminicídio da artista plástica que dá nome à organização, o Instituto Bia Wachholz é a materialização do sonho de Bianca de criar uma entidade que oferecesse acolhimento para mulheres que sofrem violência doméstica. Desde 2018, a entidade atua com as vítimas e suas famílias, buscando promover a segurança e a autonomia das mulheres.

Mais informações estão no site www.institutobiawachholz.com.

Texto e imagens: Marina Melz

Compartilhe: