Consórcio ou financiamento? Saiba qual a melhor opção para realizar o seu sonho

18/05/2022
Conheça mais sobre o consórcio e o financiamento e saiba escolher a melhor modalidade para tornar o seu sonho uma realidade.

Compartilhe este artigo:

Para quem precisa adquirir um bem ou serviço e não tem o montante total para efetuar a compra, existem duas opções que podem ser levadas em consideração para a realização de um sonho, o consórcio e o financiamento. Antes de optar por uma das duas modalidades é importante conhecer as peculiaridades de cada uma delas, além de saber o seu perfil e a sua necessidade. A escolha entre estas opções dependerá, principalmente, se o comprador necessita do bem imediatamente ou poderá esperar para ter acesso a ele, e de quanto poderá investir para transformar o sonho que tem em realidade.

O consórcio é uma forma de investimento baseada na união de pessoas que têm o objetivo em comum de adquirir um bem ou serviço. É uma opção relevante para quem não tem urgência em usufruir da aquisição. É administrada por uma instituição financeira e, quando a carta de crédito é liberada, seja por contemplação em sorteio ou pela quitação, o consorciado pode realizar a compra do bem. Não tem juros, somente uma taxa administrativa, que é menor que as taxas do financiamento. Como pontos positivos desta modalidade estão o fato de não necessitar de entrada, não ser cobrado juros e ter uma grande variedade de opções de prazos e créditos.

Já o financiamento é uma espécie de compra parcelada, em que o valor é dividido em um determinado número de parcelas, acrescido de juros e taxas. Não tem como ter certeza de que o crédito será aprovado pela instituição financeira, já que na maioria dos casos, é pedido que o comprador tenha, pelo menos, 20% do valor do bem a ser adquirido. No caso do financiamento, a grande vantagem está no fato de o comprador ter a liberação imediata do crédito para a compra do bem desejado.

Cenário econômico atual

Diante da volatilidade do cenário econômico e o aumento dos juros básicos da economia, a taxa Selic, que chegou neste mês a 12,75% ao ano e tem perspectiva de novos aumentos pelo Copom – Comitê de Política Monetária, até o final deste ano, o consórcio leva vantagem, em detrimento ao financiamento, já que não sofre influência quando a taxa Selic aumenta, pois não é ajustada de acordo com a taxa de juros básica. O reajuste do valor da mensalidade acontece anualmente, seguindo a inflação.

Para saber mais sobre a melhor opção entre consórcio ou financiamento para a sua necessidade e perfil entre em contato com um dos gerentes da Uniprime Pioneira.

Compartilhe: