Rôgga é a única construtora do Sul entre as Campeãs de Inovação

19/05/2021
Pelo 6º ano consecutivo, construtora catarinense aparece no ranking de empresas mais inovadoras da região Sul, sendo exclusiva na categoria Construção Civil

Compartilhe este artigo:

A Rôgga Empreendimentos continua pelo 6º ano consecutivo entre as empresas mais inovadoras do Sul do país e a única na categoria Construção Civil, segundo a 17ª edição da pesquisa Campeãs da Inovação. No topo do ranking estão companhias como Whirlpool, seguida pela Dell e a Prati-Donaduzzi.

Elaborado pela revista Amanhã em parceria com o IXL-Center, de Cambridge (EUA), o levantamento utiliza o Innovation Management Index - uma ferramenta mercadológica do Global Innovation Management Institute (Gimi) - para identificar as empresas que mais investem em inovação.

A inovação está presente nos valores e no propósito da Rôgga, que vem aprimorando constantemente seus processos e buscando novas soluções para criar um futuro mais sustentável para a indústria da construção civil. Segundo o presidente da empresa, Vilson Buss, essa premiação mostra que a construtora está no caminho certo e que a inovação sempre estará no DNA da Rôgga.

Para desenvolver empreendimentos com soluções de sustentabilidade, gerando mais qualidade, eficiência ambiental e competitividade, a construtora utiliza o sistema RES - Rôgga Edifícios Sustentáveis. Desenvolvida em 2015, a solução reduz, por exemplo, em até 80% os resíduos gerados na fase de execução das obras, incrementando a produtividade e garantindo o controle de qualidade elevado no processo fabril, entre outras vantagens.

De acordo com o diretor técnico, Aníbal Mendes, a Rôgga utiliza grande parte da sua energia em busca de melhores processos construtivos. “Percebemos que esta discussão vem sendo amplificada nos últimos tempos na construção civil e esse movimento que grandes players do mercado vêm fazendo comprovam essa afirmação. Então o que veremos daqui para a frente é cada vez mais processos que permitam deixar a construção civil mais eficiente”, destaca.

Fonte: Graziela Lindner
Foto: Divulgação

Compartilhe: