Camboriú tem primeira pessoa vacinada contra a Covid-19

19/01/2021
Município recebe 520 doses. Profissionais da saúde e idosos internados em instituições serão os primeiros a tomar a vacina – essa ordem é definida pelo Ministério da Saúde

Compartilhe este artigo:

Na manhã desta-terça, dia 19, Camboriú recebeu 520 doses da vacina contra Covid-19 e realizou a primeira aplicação. O prefeito, Elcio Rogério Kuhnen, a Secretária de saúde, Elisama de Freitas e a chefe da vigilância epidemiológica, Riciela kolv, se reuniram no Hospital Cirúrgico Camboriú (HCC) para a aplicação da primeira dose.
A técnica de enfermagem, Maria Terezinha Bozan, de 59 anos, e que trabalha na prefeitura há 21, foi a primeira a tomar a vacina. Maria não pegou Covid e está confiante na imunização. “Estou muito feliz e confiante. Gostaria de dizer a todos que não tenham medo e tomem a vacina”, comenta.
De acordo com o prefeito esse é um momento muito especial para Camboriú. “Estamos muito felizes. Eu como médico confio na ciência e estou certo que a vacina será uma grande aliada na luta contra a doença. Mais um vez me solidarizo com as pessoas que perderam seus entes queridos. A vacina é uma luz para que possamos vencer esse vírus, mas sempre lembrando dos cuidados essenciais de higiene e uso de máscara”, conclui.

“O município está preparado para aplicar a vacina. A primeira fase vai imunizar os funcionários da saúde e os idosos com mais de 60 anos que residem em instituições, como asilos. Vale lembrar que o protocolo é do Ministério da Saúde. Não é o município que escolhe quem vai tomar primeiro”, explica secretária de Saúde.
São necessárias duas doses - a segunda deve ser aplicada depois de 14 dias. Quem já teve covid-19 e quem não pegou podem tomar a vacina - só não serão vacinados quem estiver apresentando sintomas no momento.
As doses que vieram para Camboriú foram enviadas pelo Ministério da Saúde e são procedentes do Instituto Butantan. Até o momento, as pesquisas já comprovaram que a vacina é segura e produz uma resposta imune. Cada dose custa R$58,20.

Compartilhe: