Sebrae/SC promove etapa catarinense do projeto Brasil Mais na Foz do Itajaí

14/12/2020
O programa de projeção nacional tem como objetivo aumentar a produtividade das empresas e ampliar a eficiência dos negócios

Compartilhe este artigo:

Os micros e pequenos empresários da região da Foz do Itajaí podem se preparar para aumentar a produtividade dos seus negócios: o Sebrae/SC está promovendo a etapa catarinense do Projeto Brasil Mais. O programa irá ampliar a eficiência do setor produtivo e a competitividade do país, com a promoção de melhorias rápidas de baixo custo e alto impacto, com acompanhamento contínuo e consultorias especializadas. A meta é atender até 1.600 empresas, entre micro e pequenos negócios dos setores do comércio e serviços, na região da Foz até 2022.

Para participar do programa, as empresas devem se cadastrar por meio do portal http://sebrae.com.br/brasilmais , responder a um questionário para avaliar o grau de maturidade empresarial. Depois dessa etapa, a empresa será encaminhada para o atendimento assistido do Sebrae por meio do Programa Agente Local de Inovação - ALI. As inscrições estão abertas, e o programa vai ser realizado de 2020 a 2022, com 6 ciclos de 4 meses. A participação é gratuita e os participantes contam com o benefício de 70% de subsídio nos produtos de Consultoria Especializada e Tecnológica.

Segundo a coordenadora do Projeto Brasil Mais no Sebrae/SC, Camila de Souza Regis, o Brasil Mais torna-se um aliado do empreendedor no momento certo. “Estamos nos restabelecendo de um cenário nacional de crise financeira. Ajudar o empreendedor a otimizar a sua produção, para conseguir manter-se competitivo no mercado e conquistar resultados melhores é a melhor diretriz a ser tomada para vencer um cenário que, até bem pouco tempo atrás, não estava tão favorável”, destaca.

De acordo com o Gerente Regional do Sebrae da Foz, Alcides Sgrott Filho, o Brasil Mais é uma excelente oportunidade para o empreendedor voltar a ser atuante no mercado. “As micros e pequenas empresas da nossa região ainda estão sofrendo com a crise financeira e esse projeto fará com que elas se tornem mais produtivas e competitivas para o mercado, com o auxilio de ferramentas que irão melhorar os processos, a capacidade de gestão e de produção dos seus negócios”, ressalta.

Etapas do Brasil Mais

A primeira etapa dessa jornada do programa Brasil Mais é a otimização. O objetivo é que as empresas atendidas consigam aumentar a produtividade, reduzir desperdícios e melhorar processos e custos. A partir da intervenção, espera-se que as empresas adotem uma gestão baseada em indicadores e, assim, melhorem seu posicionamento no mercado e aumentem suas vendas. Para isso, a iniciativa capacitará os clientes e fornecerá agentes locais de inovação que farão acompanhamento técnico e ajudarão os empreendedores na escolha de melhores práticas produtivas e gerenciais.

O Programa Brasil Mais é uma parceria entre Sebrae, Ministério da Economia, Senai e Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) que tem como objetivo elevar a produtividade das empresas brasileiras, com a promoção de melhorias rápidas e de alto impacto.

Compartilhe: