Exposição ,artista mexicano brasileiro,RUBÉN TORREGO
Exposição do artista mexicano brasileiro RUBÉN TORREGO

Exposição do artista mexicano brasileiro RUBÉN TORREGO

Exposição ,artista mexicano brasileiro,RUBÉN TORREGO

O Artista Mexicano-Brasileiro, Rubén Torrego, apresentou sua mais recente obra na Galeria Art Dealers no México.  Torrego, como é conhecido em vários países, abriu precedente com seus peculiares Arlequins por duas décadas, desta vez apresenta um novo Arlequim. 

Assim,  o personagem sofre uma mudança,  transformando-se. Passou por uma metamorfose, se veste com novas cores, roupas reais com vida, forma e força próprias, personagens com olhos profundos e coroados pelo tempo, de gestos quase imperceptíveis, de presença poderosa e penetrante, com sorrisos que parecem ganhar vida, intensificando assim a comunicação entre o espectador e a obra.
O Artista radicado no Brasil há mais de 20 anos não apresentava seu trabalho individualmente em SPGGNL (San Pedro Garza García, Nuevo León), México desde 2019.  Abrindo o ano de 2024, Torrego representado pela Galeria Art Dealers apresenta o seu trabalho. A Exposição foi inaugurada com uma vernissage com um seleto grupo de pouco mais de 80 convidados em 9 de janeiro de 2024.
A exposição México-Brasil contou com a presença do Maestro Torrego, que falou sobre esta nova etapa e processo criativo, a exposição foi inaugurada por ele mesmo e pelos proprietários e diretores da Galeria Martha Carolina de García e Bernardo García. Também teve a presença da escritora mexicana Gabriela Sáenz, que fez um prólogo apresentando esta nova fase do Maestro Torrego.
Exposição do artista mexicano brasileiro RUBÉN TORREGO
A exposição ficará aberta ao público de 10 de janeiro até  19 de fevereiro de 2024 em suas instalações no Río Suchiate 722, Col. Del Valle em San Pedro Garza García, México.
A escritora mexicana Gabriela Sáenz  declarou: “O artista, como todas as coisas vivas, se transforma. Evolui, concebe de si e para si mesmo, o instinto de descobrir no espelho um rosto diferente que o devolva ao paraíso. Para aquele espaço regenerativo e vivo onde o frescor e a inocência vestem de novidade o próximo paradigma a ser revelado.
A nova obra do artista mexicano Torrego, radicado no Brasil há mais de uma década, mostra os vestígios do fogo habitado em seu último período, uma temporada de eclipses pessoais e celestes. E desse campo de batalha arquetípico emergem, como fênix, aqueles seus arlequins, protagonistas tradicionais de sua obra, que, paradoxalmente, hoje são absolutamente desconhecidos para o colecionador ou seguidor de sua carreira.
Neste – também novo – jogo de cartas como fórum de vida e expressão favorita do artista, as outrora elegantes e neutras cores castanhas desaparecem. Em seu lugar surgem cores intensas e vivas de texturas diversas, sobreviventes ensanguentados das batalhas existenciais enfrentadas pelo homem.
Porém, o protagonista não é a cor. Nem mesmo a forma orgânica e fálica com que os arlequins são desempenhados como mágicos determinados, não…. O protagonismo está escondido naquele olhar penetrante e absolutamente autêntico, com que estes guerreiros da luz olham da tela e se manifestam -ao preço pago na profunda crise de onde provêm- o seu direito de parecerem… abatidos, mas triunfantemente, poderosos.
Personagens que não caem na tentação daqueles jogos preliminares de que outrora foram festividades: iluminados e flamejantes, observam no silêncio da serenidade… evangelistas de um novo credo que, sem negar as suas raízes, já não participa em falsos e encontros de ocasião..”

 

Relacionados
NEWSLETTER
Assine nossa newsletter para se manter atualizado.
plugins premium WordPress