Turismo religioso aquece economia de Camboriú

Turismo religioso aquece economia de Camboriú

Facebook
Twitter
LinkedIn

Camboriú é oficialmente a capital internacional das missões. Segundo os organizadores do 39º Congresso Internacional dos Gideões Missionários da Última Hora (GMUH), a expectativa é que mais de 100 mil pessoas, que veem de todo o mundo, passem pela cidade durante os 10 dias de evento. Porém, além do propósito de , toda viagem também leva consigo momentos para relaxar, se divertir, comercializar e conhecer novas culturas. A expectativa é que todo esse movimento tenha um impacto direto de cerca de R$ 8 milhões na economia local.

“O turismo religioso movimenta muito a economia, não só de Camboriú, mas também de toda a região. O aquecimento direto em nossa economia local, por exemplo, pode ser observado nos supermercados, lojas, farmácias, postos de gasolina, alugueis de imóveis, entre outros”, ressaltou o secretário de Finanças, Fernando Garcia Júnior, o Fernandinho.

Relacionados
NEWSLETTER
Assine nossa newsletter para se manter atualizado.
plugins premium WordPress