Justiça ordena que municípios da região reembolsem o Ruth Cardoso pelos atendimentos

Justiça ordena que municípios da região reembolsem o Ruth Cardoso pelos atendimentos

Facebook
Twitter
LinkedIn

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina decidiu, na tarde desta quarta-feira,15, que municípios da região deverão ratear o custeio dos atendimentos dos pacientes enviados ao hospital municipal  Ruth Cardoso de Balneário Camboriú.

De acordo com a decisão da juíza Adriana Lisboa, Camboriú por exemplo, terá que repassar mais de R$370 mil retroativo a 2023.

Esse valor, segundo consta no despacho,  representa 30,97% do valor total  que será rateado entre os municípios  de R$77.035.883,56

 

Além disso, Camboriú terá R$600 mil bloqueados mensalmente para compor o rateio.

Os municípios de Bombinhas, Itapema e Porto Belo também fazem parte do rateio.

 

 

 

Confira a decisão na íntegra:

decisão caso Ruth

Texto e Fotos

JM Litoral

Relacionados
NEWSLETTER
Assine nossa newsletter para se manter atualizado.
plugins premium WordPress